• Bolsas de Estudo PPGE

    Chamada pública interna N.09/2022 - Processo seletivo para bolsas de estudo do PPGE - 2022 (PDF) - Prazo de inscrição: 28 de novembro a 02 de dezembro de 2022. Formulário para solicitação de bolsa de estudos - CAPES (DOC)

  • Notícias

    O Observatório da Educação Básica da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília convida você a participar do debate com o tema:  "Currículo em Movimento: Direitos Humanos e Diversidade no Distrito Federal".  O encontro será presencial no dia 01 de dezembro de 2022 iniciando às 18h30h na Sala Papirus da Faculdade de Educação- UnB. Também ocorrerá transmissão ao vivo no canal do projeto no YouTube (em breve link direto na bio).  Continue nos acompanhando, divulgue nosso perfil e acesse nosso site!📱  #observatório #obsebfeunb #faculdadedeeducacao #unb #educação #avaliação #avaliaçãoescolar  

  • Notícias

    Palestra no Novembro Negro na UnB: "Educar para as Relações Étnico-Raciais, por que é tão difícil?"  Profª Dra Rosângela Corrêa     Resumo da Atividade:  A Lei 10.639 foi sancionada em 9 de janeiro de 2003 e estabeleceu a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira na Educação Básica; apesar das crescentes discussões e formações realizadas com profissionais da educação de todo o Brasil sobre a questão das relações étnico-raciais, o país não conseguiu implantar uma educação antirracista.  Afinal, se é preciso lidar com o racismo, a discriminação e o preconceito todos os dias em sala de aula, como não há abertura para falar sobre isso nas escolas? Se nossa população também foi formada e carrega traços da população negra e indígena, como não ter bonecos, lápis de cor ou livros literários que as representem? Se temos uma legislação forte que aborda a temática, como ela ainda encontra resistência ao adentrar no espaço escolar?      Dia 25/11 (sexta-feira)  Horário: 8:30 às 10:30  Local: Sala dos Papirus no prédio FE3 na Faculdade de Educação, Campus Darcy Ribeiro, Brasília - DF    

  • Notícias

      Faculdade de Educação da UnB, Prédio FE1, Sala 05 Atividade aberta para qualquer pessoa

  • Notícias

            Conteúdo do vídeo em Libras:   A Universidade de Brasília (Unb) através da Faculdade de Educação (FE) publicou um edital com duas vagas para que pessoas surdas e/ou surdocegas possam se inscreverem no Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado Modalidade Profissional (PPGEMP).   As inscrições serão on-line conforme o edital 2/2022 para aluno regular.   Se você é surdo ou surdocego, tiver dúvidas ou precisar de auxílio para realizar a inscrição, pode nos procurar pessoalmente, no prédio da FE-3, no Laboratório de Libras (LABES-LIBRAS), haverá intérprete de Libras e guia intérprete para auxiliar na inscrição.   Quando? Do dia 21 de novembro ao dia 2 de dezembro.   Local? LABES-LIBRAS na FE-3.   Horários de atendimentos? - Segunda das 8:30 às 11:30- Terça das 13:00 às 15:30- Quinta das 13:00 às 15:30- Sexta das 8:30 às 11:30   ATENÇÃO: Quarta-feira NÃO haverá atendimento presencial pela equipe de intérprete e guia intérprete!

  • Notícias da Graduação

    Com base nas solicitações para monitoria recebidas até o dia 10/11/2022, conforme previsto em calendário previamente compartilhado, divulgamos o resultado das matrículas efetivadas e não efetivadas de cada departamento da Faculdade de Educação, de acordo com os requisitos exigidos. As matrículas efetivadas serão, agora, encaminhadas à Comissão de Monitoria, que fará a seleção e distribuição das bolsas, seguindo os critérios de cada departamento.   Matrículas efetivadas e não efetivadas (PDF)

  • Notícias

    Palestra "O manejo intercultural do Fogo: Outras ecologias do Cerrado"  Dra Rosângela Corrêa Diretora do Museu do Cerrado, professora na Faculdade de Educação - UnB       Exposição virtual "Colheita Dourada - A arranca capim no gerais do Jalapão (TO)"   Dr. Guilherme Moura Fagundes  O Jalapão (TO) possui uma terra onde se queimando tudo dá. Embora possa parecer contraintuitivo, esse é o caso do capim-dourado. Como se costuma dizer por aquelas bandas, trata-se de uma planta que “só vem forte mó do fogo”. Pela taxonomia vegetal ele está inserido na família Eriocaulaceae, sendo uma florífera dentre as populares sempre-vivas. Pelos jalapoeiros, entretanto, esta cobiçada planta é tida como um capim. Tal acepção diz muito sobre sua estreita interação com as práticas do manejo bovino, pois a queima das veredas possibilita tanto a promoção do capim-dourado quanto a rebrota do capim agreste que alimenta o gado. A arranca do capim é uma atividade que mobiliza famílias inteiras entre o final da estiagem e o início das chuvas, em busca do material a partir do qual se confeccionam artesanatos de grande importância para a economia jalapoeira. Disponível em: https://museucerrado.com.br/exposicao/capa-exposicao-colheita-dourada/  

+