Portal do Governo Brasileiro
Menu

Agenda Educacional GEPAT: Licenciaturas Interdisciplinares (LI): acesso diferenciado à educação superior

 

Agenda Educacional GEPAT

Faculdade de Educação/UnB

Programa de Pós-Graduação em Educação e Mestrado Profissional em Educação

Grupo de Estudos e Pesquisas sobre as contribuições de Anísio Teixeira para a educação brasileira - GEPAT

Quando: Dia 11 de Junho (terça-feira)

Hora: das 9h30 às 12h30

Local: Sala dos Papirus - Prédio FE-1

 

Título:

Licenciaturas Interdisciplinares (LI): acesso diferenciado à educação superior

 

Descrição:

A escolha de uma profissão aos 16/17 anos se mostra hoje uma ideia ultrapassada de como os jovens brasileiros se interessam por uma carreira. O sistema de ingresso na Universidade no Brasil é único. Não existe similar em nenhum outro local do planeta. Os sistemas universitários no mundo atual, em geral, se dividem entre o modelo dos colleges da América do Norte e o modelo de Bolonha do bloco europeu, ambos se espalham para regiões da África e da Ásia, com algumas especificidades. Os sistemas universitários do mundo guardam entre si uma mesma similaridade: entrada em um ciclo de formação, com opção profissional posterior e um terceiro momento formativo que desemboca na pós-graduação.

A expansão recente da universidade brasileira consagrou o modelo dos Bacharelados Interdisciplinares nas novas universidades criadas pelo REUNI, nas demais manteve o sistema tradicional do século XIX e pouco avançou nas Licenciaturas. Nelas a taxa de evasão é elevada, próximo de 50%, impactando numa perda de talentos daqueles que optaram por escolher as licenciaturas. Muito da evasão e da não conclusão dos cursos nas licenciaturas deve-se aos formatos oferecidos para aqueles que se identificam pela carreira do magistério.

É nas licenciaturas que se concentra o grande desafio da mudança da educação básica.  A presente discussão originou-se num projeto de pesquisa apoiado por edital público do CEBRASPE e que respondeu a uma das possibilidades criadas por recentes mudanças na LDB (13.478/2017), a qual se refere a uma conquista resultante da iniciativa do então senador Professor Cristovam Buarque.

 

Venha participar conosco!

Palestrantes:

Norivan Lustosa Lisboa Dutra - graduada em pedagogia pela UFG, Mestre em Educação pela UFG e doutoranda do PPGE/UnB. É professora do Instituto Federal de Brasilia - IFB (Campus Estrutural).

Remi Castioni - doutor em educação pela Unicamp, professor-pesquisador da Universidade de Brasilia, realizou estágio pós-doutoral junto ao Institut de Recerca en Educació da Universitat de Barcelona, entre 2017/18.

Sidelmar Alves da Silva Kunz – graduado em geografia pela UEG, mestre em geografia pela UnB e doutorando do PPGE/UnB. É pesquisador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

 

O que é o GEPAT

As ações do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre as Contribuições de Anísio Teixeira na Educação Brasileira (GEPAT) objetivam usar esse aporte teórico com o fito de promover discussões e reflexões relativas à política educacional brasileira. O GEPAT reconhece a vasta produção de Anísio, em boa medida sistematizada pela Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, a cargo do INEP e entende que se faz necessário alargar os espaços de disseminação do pensamento desse intelectual, haja vista a profundidade e relevância de seu olhar em temas concernentes à política educacional, que mantém sua atualidade e originalidade crítica. Sendo assim, o GEPAT assume o pensamento de Anísio como mirante privilegiado para as leituras do fenômeno educativo em sua produção acadêmica, científica e cultural.

Grupo de Estudos e Pesquisas sobre as contribuições de Anísio Teixeira para a educação brasileira - GEPAT

 

Envie-nos uma mensagem

Voltar ao topo